Carne de Sol e Carne Seca, Qual a Diferença?

“A principal diferença é que a carne-seca, como o nome dá a entender, é mais seca que a carne-de-sol. E também mais salgada. A carne-seca tem um teor de umidade de aproximadamente 45% e até 15% de sal; a umidade da carne-de-sol atinge 70%, com 5% ou 6% de sal. A carne-de-sol, diferentemente do que o nome dá a entender, não é exposta aos raios solares.

“Os cortes do traseiro do boi são salgados e deixados para secar por 2 ou 3 horas em um lugar coberto, de preferência com vento”…. A baixa umidade do ar é indispensável para a obtenção de um bom produto – eis uma das razões por que o sertão nordestino é o ambiente ideal para secar a carne. A outra é o know-how dos sertanejos. “O que importa é ter o macete da quantidade de sal e do tempo de secagem. Já a carne, a gente traz muita do sul do país”, afirma Aguifá.

O processo de secagem da carne-seca (também chamada de charque ou jabá) inclui – veja só – uma etapa em que as mantas de carne são estendidas ao sol. Graças à extrema desidratação, ela pode durar até 4 meses em temperatura ambiente, contra os 4 dias da carne-de-sol. Na cozinha, a carne-seca precisa ficar de molho para dessalgar e reidratar. O preparo da carne-de-sol é mais simples. Segundo o picuiense Aguifá, é “só lavar e pôr na brasa”.

Texto da revista Super Interessante

Ficou com dúvida?

Veja minha página de dúvidas frequentes

Tatiana Romano
por Tatiana Romano Criadora do Panelaterapia Conheça a Tati

Tatiana Romano, reside em Sorocaba, deixou a profissão de Psicóloga e Professora para se dedicar à sua paixão pelas panelas e ao blog Panelaterapia que mantém desde 2009. Hoje se dedica a cozinhar, fotografar, escrever e brigar com a balança.

13 Comentários

  1. Tatiana,
    Conheço alguma coisa do assunto pela metodologia utilizada no nordeste do Brasil e em Angola:

    Carne de charque
    A carne é salgada com grande quantidade de sal, é exposta em galpões ventilados e exposta ao sol, é prensada em mantas.

    Carne seca
    Já a carne seca, desidratada leva muito sal e é empilhada em locais secos para sua desidratação. Após a secagem da carne ela é estendida em varal ao sol para completar sua desidratação.

    Carne de sol
    É um peça inteiriça (picanha, maminha, etc) que é salgada, com menos sal e exposta ao vento em locais cobertos e raramente ao sol, tanto que antigamente se chamava carne-de-vento.
    .
    Lógico pelo tamanho do Brasil tanto os nomes como a metodologia pode ser alterada.
    Beijo.

  2. Lu disse:

    Nossa eu jurava que charque e carne seca eram as mesmas coisas e que dependendo da região do Brasil mudava o nome! Já a carne de sol eu nunca me confundi não, é super diferente!
    Muito boa a explicação, gostei!
    bjos

  3. Tatiana, seu blog dá água na boca!

    Tem sorteio lá no blog
    Abraço
    Lara

  4. Macá disse:

    Hum… agora aprendi.
    Mas a que eu gosto mesmo é de carne seca. É com ela que se faz escondidinho não é?
    E gosto de comprar lá no Mercadão-SP.
    bjs

  5. Anônimo disse:

    Aqui tem um texto, de um site confiável, que explica as diferenças.
    http://www.sic.org.br/charque.asp
    Abraço a todos(as)
    Silvio

  6. Cicinha disse:

    Muito bom…
    Tô afim de comer carne seca já tem um tempo!

    bjs

  7. Muito esclarecedor… adoro esse sotaque do Claude hehe
    Sempre provei a carne seca, se comi carne de sol ou charque nao sei… mas vou passar a prestar mais atencao agora!
    Bjs
    Paty
    ps. Amei a receita e o visu do bolo de banana

  8. Karen Soares disse:

    Muito boa a explicação!

    Repassando:
    Charque – carne que é deixada na salmoura e depois colocada no sol
    Carne de sol – Carne que é salgada com sal e depois colocada no sol
    Carne seca – só é seca, não vai ao sol

    De todas prefiro o charque. Deve ser porque nasci e cresci aqui no sul.
    Gosto, mas sou mais chegada num bom churrasco…

  9. É, pode até ter diferença, mas qdo vc vai comprar no pacote vem a especificação? Eu, nunca vi…. E isso é um diferencial técnico, pq a aplicação é a mesma.

  10. Pati Beatriz disse:

    Inacreditável! Ontem na janta meu pai fez um carreteiro delicioso com charque e de repente surgiu essa dúvida, qual a diferença entre estas carnes? Ficamos divagando sobre isso por um bom tempo. Vou ter que compartilhar este vídeo na minha cozinha tb!
    Beijinhos

    Confraria do Chefs

  11. Tati,
    Também tenho esse problema… hihihi Estou para escrever uma postagem sobre o assunto faz tempo para que eu mesma possa entender melhor! ehehe
    bjs