Um Dia de Liberdade

 Hoje eu e o marido resolvemos dar um pulinho em Sampa que está à 100km daqui, mais especificamente para almoçar na liberdade e conhecer o bairro. Já fui várias vezes para São Paulo e meu marido trabalhou lá por 10 anos e não conhecíamos a liberdade ainda. Adoramos! É o paraíso das coisas diferentes!

Posso dizer que é um lugar para quem gosta de culinária oriental, para quem quer comprar lindas porcelanas, utensílios de cozinha ou cosméticos importados.
Almoço por quilo em restaurante oriental só serve p/ engordar… olha o prato de pedreiro!


Melona é o sorvete mais comum por lá. Um sorvete de melão que tem várias versões (esse eu já conhecia).

Muitas comidinhas lindas e coloridas, dá vontade de comprar tudo!!!

Loja com as típicas lanternas orientais:

Comprei muitas guloseimas, como coalas recheados de morango e chocolate, cookies de baunilha, bolinhos de tiramisu, salgadinho de camarão, comprei hashis de metal, porcelanas, cogumelos (incrível como é barato!), óleo de gergelim, wasabi, saquê… por falar nisso, estou um bagaço, só uma saquerita (ou sakerita) de morango p/ salvar a noite!

Ficou com dúvida?

Veja minha página de dúvidas frequentes

23 Comentários

  1. Anônimo disse:

    oi querida vc pode me ajudar estiu indo pra Sao Paulo e preciso comprar miniaturas de porcelana como colher,panelinha,tigela e outras coisa …vc tem alguma indicaçao de loja email [email protected]

  2. Fla disse:

    Menina a única vez que eu fui estava tão quente e tão cheio que quase passei mal.
    Preciso fazer uma nova tentativa.
    =)
    Bjs

  3. Tânia Saj disse:

    Eu também fico piradinha na Liberdade!!! Aliás, preciso ir, mas com lista de compras na mão, senão é preju…hehehe
    Beijos

  4. Carol disse:

    Eu adoooooooooooooro passar o dia entrando naquelas "lojinhas/muquifos" de lá"!!!!
    Fez boas compras,os cogumelos lá são realmente mto baratos!!!!
    Bjos

  5. Carmencita disse:

    Pensei que fosse só eu, vou uma vez por mês lá pra comprar cosméticos, mais exatamente tintura pra cabelo que só encontro na Ikesaki, e aí minha filha e acabo, nas guloseimas, chás, gyozas, sempre venho com uma bela porcelaninha.
    Quanta coisa boa,vou cedinho almoço e só venho pra casa já tardinha, e claro com a minha jantinha já garantida, ir a Liberdade pra mim é uma festa.Bjss

  6. Paula Pacheco disse:

    Tatiana, amamos este lugar (eu, minha mãe, minha tia…)já te falei né…saio de Ctba para Liberdade e meus parentes brigam comigo, que eu vou mais ao bairro oriental do que na casa deles rs…adoro a feira de domingo, tem uma confeitaria que tem cada doce, o confeiteiro é de Taiwan e aprendeu as técnicas de confeito oriental..é lindo de se ver os bolos decorados e outros fatiados igualmente…adorei as fotos,
    bjão
    Paula

  7. As comidinhas deles são tão lindas né? Parecem de brinquedo, bem coloridinho! Já fui várias vezes pra sp e nunca tive a oportunidade de conhecer a Liberdade. Tb sairia de lá carregada de pratinhos, hashis, coisinhas em geral!
    Bj
    Fernanda

  8. Adoro a Liberdade, tenho boas lembranças.
    Lá se encontra uma infinidade de potes herméticos muito úteis para nós que adoramos uma cozinha.
    Gosto muito das cerâmicas japonesas (até meu cachorro tem um pratinho lindo).
    Muito boa a iniciativa de falar sobre esse bairro tão importante para a gastronomia.

  9. Valéria disse:

    Primeiro quero dizer que seu blog ARRAAAAASA!!!!
    Maravilhoso! Parabéns!
    Eu moro em Campinas e até hoje não fui na liberdade. Detalhe: amo cultura oriental, comidinhas e tudo mais.
    Depois de ver seu post vou colocar meu marido na parede e vai ter que me levar, ah vai!!
    Beijos
    VAléria

  10. _____Geórgia disse:

    É um paraíso terrestre! Aqui em Fortaleza tem um restaurante com esse tipo de comida, evito ir lá pois meu prato fica assim, igualzinho ao seu! kkk.
    Bjs.

  11. Raul disse:

    O bairro liberdade é muito bacana.

  12. Blog da Chris disse:

    Não achei seu prato de pedreiro não… rsrsrs Tá bem contido. Lindas fotos. Já fui uma vez na liberdade, mas foi rápido, não pude curtir muito. Em outubro pretendo ir novamente quando passar por SP.
    Bjs

  13. Cuca disse:

    Que óptimo passeio!! Quem me dera ir aí fazer umas comprinhas!
    Obrigada pela partilha do seu passeio!
    Beijos*

  14. Que maravilha de passeio, Tatiana!
    Obrigada por compartilhar aqui com sua amiga caipira, que morre de medo de ficar perdida na cidade grande!
    Bjs

  15. Minha amiga,sempre que vou a SP faço questão de dar uma passadinha na Liberdade, mesmo que seja só pra dar uma olhadinha…embora não goste da comida japonesa, o resto me encanta…ótima lembrança, adorei rever tudo isso!

  16. Nana disse:

    Tati, quando fizer rabada me chama?!?!? hahahaha
    Eu morro de saudades e aqui em casa não entra nem com mandado.
    Flor, eu adoroooo a liberdade, é a perdição dos paulista, bem tem a 25 tb rs
    Bjss

  17. Nani disse:

    Belo passeio, bjs

  18. Noêmia disse:

    Ai, que saudade de passear pela Liberdade! Adorava quando saíamos da escola e íamos "matar aula" no estilo oriental!!!
    Bons tempos!
    Pena agora eu estar tão longe…
    :o)

  19. Gina disse:

    Tatiana, obrigada pela visita.
    Estive na Liberdade somente uma vez e aproveitei para comprar utensílios de cozinha. É uma tentação entrar nessas lojas.
    Bom final de semana e volte sempre.

  20. Vicentina disse:

    Olá Tatiana
    Que delícia de passeio
    Morei vários anos em SPaulo e fui poucas vezes na Liberdade, trabalhava demais na época
    Adoro comida japonesa
    Bjs

  21. Tati eu era ratazana da feira da Liberdade…comer um tempurá fritinho na hora naquela feira era meu programa preferido…o tempo passou depressa demais e a Liberdade ficou pra trás…que bom rever e matar as saudades com você! Bjs

  22. Lau Verrengia disse:

    Tati, eu moro em São Paulo e adoro a Liberdade.

    Tem uma infinidade de coisas, quando estive lá pela primeira vez, tive uma fase de comida japonesa que durou bastante tempo. rs
    Eu lembro dessas bolachinhas de coalas, uma delícia, (mas agora estou evitando ao máximo esses produtos industrializados). Sem falar no doce de feijão que comi na feirinha preparado na hora, divino.
    O Melona eu conheci lá, há um tempo atrás só se encontrava na Liberdade esse sorvete. Era gostoso esperar a semana toda para ir lá tomar o sorvete, era especial. Agora que ficou comum não tem tanta graça. Experimentei um de melancia (que tinha o formato de uma fatia de melancia), que era muito bom também.
    As porcelanas são LINDAS, tenho uma bela coleção. E as "bugigangas"? Tem shoppings pequenos que tem muita coisa, desde bolsas, relógios, roupas, enfim…
    um paraíso para quem gosta de fazer compras e conhecer coisas diferentes.

    Adorei, você me fez relembrar de vários momentos gostosos que tive na Liberdade.

    Beijos

  23. Que passeio mais gostoso Tati! Tudo lindo! Seu prato não tá de pedreiro não! Tá bem comportado! Eu amo óleo de gergelim! Bjinhos e um ótimo final de semana!